• Onde Viver

    Escolheu Portugal para viver, mas ainda não sabe em que região? Preparámos uma apresentação dos principais atractivos de cinco regiões em Portugal continental: Lisboa, Algarve, Porto / Norte, Centro e Alentejo.

    Viver em Lisboa: o compromisso entre vida urbana e natureza
    A região metropolitana de Lisboa tem cerca de 2,8 milhões de habitantes e representa 37% do PIB nacional. Lisboa é a capital económica e administrativa do país e reúne numerosos atractivos:
    • Está entre as 42 cidades do mundo com melhor qualidade de vida (Worldwide Quality of Living Survey 2011, Mercer).
    • A vida cultural e económica mais dinâmica de Portugal está em Lisboa, o que cria condições para um estilo de vida agradável e com acesso a numerosas actividades de lazer.
    • Autenticidade e encanto. Lisboa conquista os corações com as suas vistas surpreendentes, a sua luz dramática, o rio Tejo sempre presente, os seus habitantes acolhedores e os seus bairros e lugares de convivialidade. Ligando tradição e contemporaneidade, genuinidade local com multiculturalidade, a cidade encontrou a sua identidade própria.
    • As praias: a região de Lisboa possui 321 kms de litoral. Entre as extensas praias da linha de Cascais e da península de Setúbal e as pequenas enseadas do Parque Natural da Serra da Arrábida, encontrará o seu lugar à beira mar predilecto.
    • A natureza: Na região de Lisboa existe uma diversidade de áreas protegidas. Consulte o mapa da Rede Natura 2000: http://ec.europa.eu/environment/nature/natura2000/db_gis/pdf/PTn2k_0802.pdf
    • Grande concentração de hospitais, universidades e escolas internacionais.
    • Clima muito agradável
    • 15 campos de Golf, 18 tours.
    • Um parque imobiliário de grande qualidade. Ficará bem, quer escolha um apartamento novo quer uma casa recuperada. É também o mercado imobiliário mais dinâmico, em que terá mais facilidade na revenda, no futuro.
    • Ligações aéreas diárias para um grande número de destinos, que lhe permite deslocar-se facilmente para os cinco continentes.


    Viver no Algarve: estar perpetuamente em férias
    No Algarve habitam cerca de 450 mil habitantes e produz-se 4,3% do PIB nacional.
    O Algarve é muitas vezes referido como a Flórida da Europa, o que é uma garantia de dias felizes
    • O clima mais agradável de Portugal
    • Numerosas opções de lazer: 4 marinas, pesca desportiva, equitação, festivais de música e de gastronomia, 30 campos de golf, o Algarve recebeu por duas vezes o prémio do melhor destino de golf pela Travel Awards, incluindo a última em 2013.
    • Praias magníficas e reconhecidas internacionalmente, e de grande diversidade: enseadas bordeadas por falésias ocre, vastas plaias de areias brancas e finas, o litoral algarvio é um ex libris de Portugal. O Algarve recebeu também, em 2013, o prémio do melhor destino de mar pela Travel Awards.
    • Cidades com animação nocturna intensa: Albufeira, Vilamoura, Portimão, Lagos.
    • Biodiversidade e paisagem protegidas, num litoral ainda pouco frequentado e com pouca construção.
    • Aeroporto internacional com ligações frequentes ara numerosos destinos.
    • Interior montanhoso encantador e com toda a genuinidade.
    • Um parque imobiliário de qualidade, desde as grandes villas com piscina aos apartamentos confortáveis, com todo um potencial de valorização a longo prazo.

    O Porto e o Norte: da indústria à reclassificação
    A região Norte tem cerca de 3,7 milhões de habitantes e representa 28 % do PIB nacional.
    Na região Norte está o berço da nacionalidade. O Porto é a segunda cidade do país e foi durante décadas conhecido, sobretudo, pelo seu vinho. Após a recuperação do seu centro histórico e das zonas ribeirinhas, a cidade recebeu da UNESCO o estatuto de Património Mundial da Humanidade e é hoje em dia uma cidade onde se vive bem.
    • O clima mais fresco e húmido do país, irá seduzir com as suas tonalidades mais ténues e a rudeza do granito.
    • Excelentes infrastruturas de transportes - rodoviário, ferroviário, portuário e aéreo.
    • Os habitantes manifestam um carácter franco e são extremamente ciosos da sua região, fazendo tudo para o receber bem.
    • No soberbo vale do Douro – também classificado como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO -  estão localizadas as vinhas da mais aintiga Região Demarcada do mundo.
    • As paisagens verdes de montanha, as casas senhoriais e as aldeias em pedra, onde o tempo parece parar.

    A região Centro – a Costa de Prata e as suas estâncias balneares
    A região centro conta com 2,4 milhões de habitante e representa 19 % do PIB nacional.
    • 280 kms de costa, a famosa Costa de Prata com as suas extensões de areal e as suas praias, com a patine do fin de sciècle: Figueira da Foz, Nazaré, Peniche, São Martinho do Porto.
    • Excelentes infrastruturas rodoviárias, ferroviárias e marítimas.
    • A cidade de Coimbra alberga a mais antiga universidade da Europa, e é hoje em dia um pólo universitário que está na vanguarda da inovação sem perder o seu encanto histórico de cidade de província.
    • Fátima atrai todos os anos milhões de peregrinos e turistas religiosos.

    Alentejo: a planície e as praias desertas
    No Alentejo estão cerca de 750 mil habitantes e é produzido 6,4 % do PIB nacional.
    Muito pouco conhecida, esta é uma região magnífica. As planícies a perder de vista, ponteadas de castanheiros e oliveiras milenares, é a reserva agrícola do país, a mais extensa e de menor densidade demografica.
    • 179 kms de praias desertas.
    • A cidade de Évora, classificada como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, é o principal pólo urbano da região
    • O clima no Alentejo é extremamente quente e seco no verão.
    • Para quem sonha com a tranquilidade e o isolamento, e se apaixona por paisagens enexpugnáveis, esta é definitivamente a melhor opção.