• Bem-vindo
  • Dicas para melhorar a eficiência energética da sua casa

Dicas para melhorar a eficiência energética da sua casa

Tem os seus gastos pessoais bem geridos e já não sabe onde pode poupar mais ao final do mês? Uma das formas de amealhar algum dinheiro pode e deve começar dentro de casa, nomeadamente aumentando a eficiência energética do seu lar. Além de poupar na carteira, ajuda também o meio ambiente.

 

Antes de mais, importa em primeiro lugar avaliar o consumo de energia na sua residência. Peça um certificado de eficiência energética para o seu imóvel (a ADENE possui uma Bolsa de Peritos Qualificados no seu site), para ficar a saber como é utilizada a energia em sua casa e onde poderá fazer alterações para melhorar a eficiência energética.

 

O que é eficiência energética?

A eficiência energética consiste em usar de modo eficiente a energia no sentido de gerar o menor gasto possível. As energias renováveis são as mais eficientes, não só no aquecimento das águas como na climatização. Algumas medidas de utilização racional de energia, tal como apagar a luz quando saímos de um local, são simples de executar, no então estes gestos deverão ser complementados com tecnologias e/ou processos que traduzam uma redução de consumos pela via da eficiência nesta utilização.

 

De que forma posso melhorar a eficiência energética?

Existem várias estratégias para que possa aumentar a eficiência energética da sua casa, umas mais dispendiosas do que outras. Optar por fazer pequenas melhorias no isolamento térmico no interior do seu lar ou instalar painéis solares poderão ajudá-lo a poupar significativamente.

 

Instale painéis solares

A instalação de painéis solares pode levá-lo a reduzir 60% no consumo de energia. No entanto, o investimento inicial neste tipo de equipamento pode revelar-se um grande esforço financeiro.

 

Já existem no mercado formas de adquirir estes painéis podendo pagar de forma faseada em prestações mensais.

 

Escolha eletrodomésticos de baixo consumo

Os equipamentos com a etiqueta A, A+ ou A++ são os mais eficientes e, ao longo da sua vida útil, poderão trazer poupanças significativas na fatura da eletricidade. Mesmo que possa fazer um investimento inicial superior ao esperado, poderá compensar no final do mês com a poupança no consumo energético.

 

Troque as lâmpadas incandescentes

Substituir lâmpadas incandescentes por lâmpadas de baixo consumo, como as LED, podem representar poupanças até 90% e têm uma vida útil de 25 anos. Apesar de serem mais caras, a poupança final é considerável, ainda faça apenas a mudança em metade da sua iluminação.

 

Opte por materiais que melhorem o isolamento térmico

Outra forma de equilibrar a sua fatura energética passa por instalar janelas duplas que permitem o isolamento térmico, tanto no inverno como no verão. Estas devem ter caixilharia em PVC por forma a manter o ambiente isolado e se evitar perdas de calor que se traduzem em gastos acrescidos no aquecimento.

 

Além disso, pode também reforçar o isolamento das paredes e do pavimento. Na escolha de isolamentos térmicos opte por materiais locais, reciclados e/ou renováveis e de baixo impacte ambiental (ex.: aglomerado de cortiça).

 

Quanto maior for o isolamento de uma casa, menor a necessidade de recorrer a aquecimento central e/ou ar condicionado para climatizar as divisões, permitindo uma grande redução de consumos e, consequentemente, em poupanças acrescidas.

 

Pintar as paredes e os tetos do seu lar com cores claras também podem ser uma estratégia para economizar energia, uma vez que ajudam a refletir a luz natural.

 

Controlar o uso de água ao tomar banho, a lavar a louça ou simplesmente a lavar os dentes, para além de contribuir para a redução do consumo de água potável, também pode ser uma outra forma de economizar energia, optando por torneiras e chuveiros que regulem o fluxo de água, autoclismos com dispositivos de dupla descarga e bombas de calor para aquecer a água.

 

Se pretende avançar com algumas destas mudanças poderá recorrer a um financiamento para obras, que o permita pagar uma prestação mensal acessível. Caso já tenha um crédito habitação, pode a este juntar uma nova tranche e usar esse valor extra para fazer obras em casa. É possível ver aqui que banco oferece a TAEG mais baixa no crédito imobiliário.

 

Aproveite a exposição solar

Se estiver a pensar em construir uma habitação de raiz, deve ter em consideração a sua exposição solar. Otimizar a orientação solar, mediante superfícies vidradas e utilizando sistemas passivos de captação solar, pode implicar um menor consumo energético e, com isso, uma poupança na carteira.

 

Independentemente do valor que tenha disponível para fazer estas mudanças, ao introduzir pequenas alterações – como substituir lâmpadas – poderá melhorar a eficiência energética do seu lar e, claro, poupar algum dinheiro ao final do mês.

 

 

Excelente site com muito boas informações e propostas de produtos.
Guilherme Alves

Certificado em Sistema de Gestão Ambiental

    O Grupo Libertas, detentor da Casa em Portugal, aplica aos novos projectos imobiliários o Sistema de Gestão Ambiental de acordo com a norma ISO 14.001 pela TÜV Rheinland Portugal, certificando que os nossos imóveis contemplam as melhores práticas energéticas.

    É bom saber

    Acheter une maison au Portugal et passer toute ou une partie de sa retraite en bord de mer permet d’augmenter son pouvoir d’achat si on compare une retraite dans le Sud de la France et dans la plupart des pays de la zone euro. L’immobilier au Portugal est accessible et la qualité de la construction excellente.

    Faça o download do nosso Guia
    de Compra de Imóveis em Portugal
    image telechargez

    Acheter une maison au Portugal et passer toute ou une partie de sa retraite en bord de mer permet d’augmenter son pouvoir d’achat si on compare une retraite dans le Sud de la France et dans la plupart des pays de la zone euro. L’immobilier au Portugal est accessible et la qualité de la construction excellente.

    Ir mais longe
    É bom saber
    Acheter une maison au Portugal et passer toute ou une partie de sa retraite en bord de mer permet d’augmenter son pouvoir d’achat si on compare une retraite dans le Sud de la France et dans la plupart des pays de la zone euro. L’immobilier au Portugal est accessible et la qualité de la construction excellente.
    image telechargez
    Uma dúvida? Um conselho?
    Loading
    Back to top